Article of Open Journal of Aging Research 

A LUDOTERAPIA COMO ESTRATÉGIA TERAPÊUTICA EM HOSPITAIS DE MACEIÓ: UM SOPRO DE VIDA

Vieira, D.M¹; Lima, J.M.A²; Santos, L.S³; Silva, M.R4
1Discente do Curso de Fonoaudiologia – UNCISAL, 2,3 Discente do Curso de Fisioterapia – UNCISAL; 4 Docente da UNCISAL

Abstract:
A hospitalização pode comprometer o desenvolvimento normal da criança, seja ele físico, emocional ou intelectual. Isto ocorre porque há uma ruptura na rotina habitual dela e um processo de adaptação à nova. Dentro desse aspecto, várias são as expressões do impacto dessa experiência no comportamento do paciente, que são representadas por sentimentos de medo, dor, angústia, tristeza, saudade, entre outros, e que podem desencadear sensações de insegurança e leva-lo a desenvolver atitudes agressivas. Entre as estratégias utilizadas para minimizar o enfrentamento do processo de hospitalização, encontra-se a ludoterapia, que por meio do brincar e da leitura, estimula as habilidades da criança e permite que ela exerça seu papel, mesmo dentro do hospital. Através dos palhaços doutores, a ludoterapia visa proporcionar melhor qualidade de vida para as crianças hospitalizadas assim como para seus acompanhantes e equipe hospitalar estabelecendo um vínculo mais afetivo entre eles, baseado no cuidado e em trocas prazerosas. Relatar a experiência de acadêmicos/alunos de graduação que compõem o projeto Sorriso de Plantão. Semanalmente, estudantes de graduação, mestrandos e doutorandos atuam como palhaços doutores em cinco hospitais da capital alagoana. Com base na teoria da ludoterapia, vão ao encontro das crianças hospitalizadas com brinquedos, desenhos para colorir e a arte do riso, com o intuito de melhorar a qualidade de vida delas e de seus familiares naquele ambiente. As visitas semanais dos universitários caracterizados como doutores palhaços proporcionam aos pacientes experiências infantis que não são comuns ao ambiente hospitalar. Os adereços, o nariz vermelho, os jalecos enfeitados, os brinquedos e os desenhos para colorir chamam a atenção das crianças e de sua família, fazendo com que o hospital torne-se um cenário em que há também a possibilidade delas serem o que realmente são, e não somente, mais um enfermo que precisa de cuidados médicos. Sabe-se da importância do brincar para a criança, para seu desenvolvimento e para a criação de vínculos. Sendo assim é de suma importância que o palhaço doutor estimule a criatividade, a iniciativa, e a autoconfiança, através de jogos e brincadeiras que sejam educativos e que proporcionem bem-estar, respeitando seus limites e fazendo com que ela se desligue de sua condição durante aquele período. A interação torna-se uma estratégia terapêutica eficaz na minimização dos efeitos da internação, possibilitando assim uma melhor qualidade de vida e diminuição do estresse causado pela permanência no hospital, tanto para a criança quanto para seu acompanhante.

Keywords:
A LUDOTERAPIA COMO ESTRATÉGIA TERAPÊUTICA EM HOSPITAIS DE MACEIÓ, UM SOPRO DE VIDA

Click to download Free PDF