Article of International Journal of Parasitic Diseases 

ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA

Ferreira, R.M.M1; Lima, L.B2; Oliveira, M.M3; Nascimento, T.L4; Iglesias, D.P.P5
1,2.3.4Acadêmicas do Curso de Enfermagem-UFPE; 5Docente do Departamento de Patologia-UFPE;

Abstract:
A infecção por parasitoses intestinais constitui um grave problema de saúde nos países subdesenvolvidos. No Brasil, acomete principalmente a população de baixo nível socioeconômico, que vivem em condições precárias de saneamento básico. A falta de saneamento básico, a desinformação (baixo grau de escolaridade), as más condições de higiene, a carência nutricional, a idade (crianças e idosos), o déficit no tratamento de água e na coleta de lixo, são fatores que aumentam os riscos de contaminação e disseminação das parasitoses, contribuindo para manutenção dos elevados níveis de morbidade e mortalidade nas áreas endêmicas. As parasitoses mais frequentes na população brasileira têm como fatores etiológicos Giardia lamblia, Ascaris lumbricoides e Trichuris trichiura; seguido de Enterobius vermiculares, Ancilostomidae, Endolimax nana, Entamoeba coli e hystolitica. A Estratégia Saúde da Família (ESF) é responsável pela prevenção e controle dessas parasitoses, destacando-se o papel do enfermeiro na Educação em Saúde, Visita Domiciliar e Vigilância Epidemiológia, intervindo ativamente em prol da melhoria das condições de Saúde da População. Objetivo: Compreender as ações de enfermagem sobre parasitoses intestinais na Estratégia Saúde da Família. Metodologia: Revisão integrativa nas bases de dados BDENF, LILACS, SCIELO e na Biblioteca Virtual de Saúde (BVS), utilizando os descritores “Ações de enfermagem”, “Estratégia Saúde da Família” e “Parasitoses intestinais” nos idiomas português, inglês e espanhol. Os critérios de inclusão foram artigos completos publicados em português, inglês ou espanhol, que se enquadrassem no tema escolhido, publicados nos últimos 10 anos (2006 a 2016 – até setembro). Foram localizados 25 artigos dos quais 15 estavam de acordo com a temática e os critérios pré-estabelecidos, sendo esses lidos na deveriam voltar suas decisões para ações integralistas e não para ações individuais. A preconização a promoção em saúde, utilizando a educação sanitária aliada à visita domiciliar permite também ao enfermeiro conhecer a realidade de cada paciente, reduzindo os fatores que predispõem às infecções. Na consulta de enfermagem é feito o diagnóstico através do exame clínico e laboratorial, sendo o clínico mais utilizado na prática, pois o enfermeiro da ESF está atento às condições ambientais do usuário. O tratamento consiste na escolha e prescrição do vermífugo apropriado, analisando a posologia adequada para cada paciente e as contra-indicações relacionadas ao ciclo do parasita, abordando também as medidas de prevenção para a não reinfecção. Diante dos resultados encontrados verificou-se que o enfermeiro da ESF tem um papel fundamental no combate às infecções por parasitoses intestinais, tendo o compromisso de avaliar o usuário de modo holístico, utilizando a promoção, a prevenção, o diagnóstico e o tratamento para evitar a contaminação e disseminação na população em conjunto com o município, a fim de erradicar essas infecções.

Keywords:
“Ações de enfermagem”; “Estratégia Saúde da Família”; “Parasitoses intestinais”

Click to download Free PDF