Article of Global Journal of Health Education 

PROMOÇÃO DA SAÚDE DA COMUNICAÇÃO HUMANA: RELATO DAS EXPERIÊNCIAS EM SAÚDE COLETIVA

Silva T.P.S1; Cruz T.V.S2; Silva D.R.G3; E.C.H4; Almeida L.C5; Moura S.E.A.R6
1Docente do Curso de Bacharelado em Fonoaudiologia da Universidade Federal de Pernambuco - UFPE, 2,3,4,5,6Estudante do Curso de Bacharelado em Fonoaudiologia da Universidade Federal de Pernambuco - UFPE.

Abstract:
A educação em saúde é definida como um conjunto de saberes e práticas norteadas para a prevenção de doenças e promoção da saúde. Partindo do princípio, que a fonoaudiologia vem se inserindo de maneira cada vez mais expressiva na saúde coletiva, e tem como objeto de trabalho a saúde da comunicação humana, entende-se que o trabalho pautado em ações educativas torna-se uma estratégia poderosa de propagação do cuidado além de oferecer subsídios para a adoção de novos hábitos e condutas de saúde. Descrever as vivências relacionadas as ações de promoção da saúde da comunicação humana durante o estágio de saúde coletiva. Trata-se de um relato de experiência, desenvolvido em uma Unidade de Saúde da Família do município de Recife, de março a junho de 2016 envolvendo as atividades de reconhecimento de território e planejamento de ações de promoção da saúde. O público alvo foi constituído pelos usuários cadastrados na unidade. A primeira atividade envolveu o reconhecimento do território e elaboração do plano de ação das práticas de promoção. Identificaram-se dois segmentos de usuários com potencial para participar das atividades: Grupo da puericultura e o Grupo de Hipertensos e diabéticos. Diante do planejamento foram propostas três intervenções. Estabeleceu-se a necessidade de se trabalhar com recursos e materiais que pudessem ser entregues aos usuários como forma de disseminação dos conhecimentos apresentados. A primeira ação teve como público alvo o grupo hipertensos e diabéticos e envolveu a temática a saúde vocal onde foram explanadas informações sobre os principais cuidados e ações de higiene vocal e entrega de marcadores de página com orientações vocais e garrafas para estimular a prática da hidratação do trato vocal. A segunda ação foi vinculada a comemoração da semana do bebê, tendo como público alvo o grupo da puericultura (pais, cuidadores e bebês). Na ocasião foram trabalhadas as temáticas de transição alimentar (amamentação-alimentação) e desenvolvimento da linguagem. Foram confeccionados banners e folhetos informativos sobre as temáticas, e esclarecidas as dúvidas do público. Posteriormente ocorreu a distribuição copos e colheres como estratégia de incentivo à transição alimentar das crianças. A última ação foi direcionada ao grupo de hipertensos e diabéticos, sendo abordada a temática de alimentação saudável e saúde da comunicação através de roda de conversa. Houve a entrega do sal de ervas, com objetivo de estimular o uso consciente de condimentos e sal na dieta. As ações propostas se revelaram como um instrumento favorável e possibilitaram a criação de um espaço para o compartilhamento de experiências, sentimentos, afetos e socialização dos saberes técnico-científico e popular, contribuindo ainda para construção de um olhar mais crítico do estudante sobre a necessidade da disseminação de informações sobre a saúde da comunicação humana.

Keywords:
Fonoaudiologia; Educação em saúde; Promoção da saúde

Click to download Free PDF