Rheumatic fever continues to be a major health hazard in most developing countries as well as sporadically in developed economies, accounting for up to 250 000 premature deaths every year and being regarded as a physical manifestation of poverty and social inequality. To enlighten the epidemiology, physiopathology and clinical symptoms of the disease, describe the current available diagnostic tests and therapies and show the impact of the rheumatic fever to the brazilian public healthcare system. This systematic literature review was built from a bibliography research of scientific papers, publications and materials available on the Internet in English and Portuguese. From..

In Brasil Visceral Leishmaniasis is caused by the protozoan Leishmania chagasi and the country presents almost the whole of South American cases.The main reservoir is domestic dogs and one form to control it is euthanasia thereof. However, this method has been show to be ineffective. To analyze epidemiological data on Visceral Leishmaniasis in the brazilian population and the possible health education actions to combat the vector and mode of transmission. Were found 125 articles, manuals attention to heath and epidemiological reports published in the years 2004 to 2016, that addressed clinical and epidemiological aspects of Visceral leishmaniasis, prevention and health..

As ações foram planejadas com base nas diretrizes do Programa Saúde na Escola (PSE), buscando diminuir a incidência da helmintíase em crianças na faixa etária de 5 a 12 anos. A atuação multiprofissional foi importante no processo de planejamento, execução e educação em saúde. Favorecendo a troca de experiências e saberes com enfoque preventivo na atenção do individuo em seu contexto. Combater e controlar a helmintíase na infância, buscando atingir melhores indicadores de saúde e qualidade de vida infantil. Relato de experiência dos residentes quanto a ação que aconteceu numa escola de ensino fundamental do município de Jaboatão dos Guararapes-PE..

As microcefalias constituem um achado clínico e pode decorrer de anomalias congênitas ou ter origem após o parto. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a caracterização da microcefalia se dá pela medida em cm, procedimento comum no acompanhamento clínico do recém-nascido (RN), visando a identificação de doenças neurológicas, a identificação se dá principalmente pela medição do perímetro cefálico (PC) em que apresente medida menor que menos dois (-2) desvios-padrões abaixo da média especifica para o sexo e idade gestacional, além disso a OMS considera que menos de três (-3) desvios-padrões é definida como microcefalia grave. Descrever os fatores de..

A Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA) é uma doença transmitida do vetor conhecidos como flebotomíneos para o hospedeiro, através da picada da fêmea, onde o homem é acometido de forma acidental e os animais domésticos de forma secundária ao ciclo do parasita, causando várias manifestações clínicas, dentre elas lesões de forma única ou múltiplas, progredindo para pápulo-pustosa, depois úlcero-crostosa e chegando à fase com bordas indolores e fundas com granulações grosseiras, bordas infiltradas e características de úlcera com contornos circulares. Descrever as medidas da vigilância epidemiológica no controle da Leishmaniose Tegumentar Americana. Pesquisa bibliográfica, realizada outubro de 2016, através do guia..

A Organização Mundial de Saúde classifica a dengue como uma doença tropical negligenciada, esse termo descreve um conjunto de doenças que, dentre outros aspectos, são relacionadas com pobreza, endemias em regiões tropicais e sub-tropicais, bem como falta de financiamento para sua investigação e desenvolvimento. Nesse contexto, essa arbovirose, que é causada por um dos quatro sorotipos do vírus da família Flaviviridae, ainda permanece em grande parte não controlada nacionalmente, onde o Aedes aegypti age como principal vetor da doença. Descrever o cenário atual da Dengue na cidade de Caruaru em relação a esfera epidemiológica dessa doença no estado de Pernambuco…

A doença de chagas (DC) foi classificada pela Organização Mundial da Saúde como uma enfermidade negligenciada, a qual se estabeleceu como uma das mais graves endemias brasileiras. No Brasil, com o incremento de políticas de combate ao inseto através dos inseticidas, o número de casos diminuiu drasticamente. Contudo, essa enfermidade mostra-se persistente através do aparecimento de surtos da doença no país. Demonstrar os avanços na erradicação e o novo perfil epidemiológico da doença de chagas. Realizou-se uma revisão de literatura na base de dados LILACS e na biblioteca virtual SciELO, utilizando os descritores: “doença de chagas” e “epidemiologia” e “prevenção..

A doença de chagas (DC) foi classificada pela Organização Mundial da Saúde como uma enfermidade negligenciada, a qual se estabeleceu como uma das mais graves endemias brasileiras. No Brasil, com o incremento de políticas de combate ao inseto através dos inseticidas, o número de casos diminuiu drasticamente. Contudo, essa enfermidade mostra-se persistente através do aparecimento de surtos da doença no país. Demonstrar os avanços na erradicação e o novo perfil epidemiológico da doença de chagas. Realizou-se uma revisão de literatura na base de dados LILACS e na biblioteca virtual SciELO, utilizando os descritores: “doença de chagas” e “epidemiologia” e “prevenção..