Talidomida é um medicamento derivado do ácido glutâmico, largamente utilizado como sonífero e antiemético no final dos anos 1950, sendo consumido sem prescrição médica no Brasil. O composto foi proibido em diversos países após ser constatada sua ação teratogênica sobre os períodos iniciais da gravidez, quando ocorrem intensos enjôos nas gestantes, gerando focomelia (malformação que impede o desenvolvimento dos membros), fato que gerou os conhecidos “bebês da talidomida”. Além disso, foram notados outros efeitos adversos, como tontura e neuropatias periféricas. No entanto, a talidomida continua a ser usada como tratamento de outras condições, por exemplo, a lepra e o mieloma..

A epidemia da aids, por algum tempo, esteve relacionada a homens com orientação homoafetiva, usuários de drogas injetáveis e hemofílicos. Porém, nos últimos anos, a feminização da infecção tem se destacado, sobretudo, entre mulheres heterossexuais e que mantém relacionamentos estáveis. Investigar aspectos inerentes ao processo de feminização do HIV/aids, a partir de estudos publicados nos últimos cinco anos. Trata-se de uma revisão integrativa realizada nos meses de julho e setembro de 2016. Os descritores foram devidamente consultados nos Descritores em Ciência e Saúde (DeCS) e utilizados os termos: hiv, aids e feminização. O cruzamento dos termos foi realizado através do..

A tuberculose (TB) é uma das complicações mais comuns relacionadas à infecção pelo HIV em todo mundo, principalmente em países em desenvolvimento. Devido a sua forte associação com as más condições de vida, indivíduos menos favorecidos economicamente, são mais vulneráveis a desenvolver a doença. No Brasil, constitui a principal causa de morte entre soropositivos. Verificar a associação entre fatores socioeconômicos e a coinfecção por HIV/TB no Brasil e na região nordeste. Realizou-se uma revisão de literatura nas bases de dados e bibliotecas virtuais SciELO, Google Acadêmico e LILACS, fazendo cruzamento dos descritores “Tuberculose, HIV, Coinfecção e epidemiologia”. Dos resultados encontrados..

A exposição dos trabalhadores a materiais perfuro cortantes e biológicos traz consigo um problema inerente e particular aos profissionais de saúde, em especial aos profissionais de enfermagem, na medida em que estes passam grandes parte da assistência aos cuidados diretos aos pacientes, bem como manipulando materiais contaminados, ocasionando grande risco de acidentes de trabalho. As principais causas de acidentes de trabalho são: a sobrecarga de trabalho, fatalidade, negligência e precariedade das condições de trabalho. Identificar os riscos de contaminação pelo HIV/AIDS em trabalhadores de enfermagem vítimas de acidentes por material perfuro cortante. Este estudo trata-se de uma revisão bibliográfica. Para..

A Criptococose é uma infecção fúngica respiratória, predominantemente oportunista, causada pelo basidiomiceto do gênero Cryptococcus neoformans nas suas duas variedades: neoformans e gatti. A primeira ocorre mais frequentemente em indivíduos imunocomprometidos, disseminando-se por todo o organismo e apresentando alta mortalidade; a segunda, acomete principalmente indivíduos HIV negativos, sem fatores predisponentes para infecção fúngica. O C. neoformans var. neoformans pode ser adquirido no ambiente, pelo contato com solo contaminado com excretas de aves, ou em associação com determinados tipos de Eucalyptus. Ele tem tropismo pelo Sistema Nervoso Central (SNC) e tem o HIV como principal fator predisponente para sua evolução. Identificar..

A Leishmaniose Visceral (LV) é uma doença infecciosa sistêmica de ampla distribuição geográfica e é considerada um problema de saúde pública. Historicamente é uma doença de área rural. Afeta milhões de pessoas em regiões tropicais e subtropicais, a infecção é causada por protozoários parasitas do gênero Leishmania. No Nordeste, a maioria dos casos ocorre através da picada do flebotomíneo fêmea. O aumento da incidência do Vírus da imunodeficiência humana (HIV), doença predominantemente urbana, em áreas rurais e a disseminação da Leishmaniose Visceral para áreas urbanas e suburbanas têm contribuído para o aumento dos casos de coinfecção Leishmaniose Visceral e o..