American Journal of Mass Communication and Journalism

Open Access Journal
American Journal of Mass Communication and Journalism (ISSN:2688-402X) is an open access journal publishing research articles, review articles, editorials and letters to the editor.

Peer-Review Journal
To keep the quality of journal, all submission will be peer-reviewed by invited experts. The decisions will be made according to the comments of reviewers.

Publication Process
Initial decision: 3 days without review, 28 days with review; Time to publication: Accepted articles will be online in 3 days; Final versions after proofreading will be accessible in 8 days.

Rapid Response
Should you have any questions, please let us know. We will answer you shortly.

CAIXA DO SABER COMO ESTRATÉGIA NA EDUCAÇÃO EM SAÚDE SOBRE TUBERCULOSE

Feitosa MTS1, Correia C.A2, Silva CO3, Silva J.T.B4, Farias MP5, Cardoso M.D6
A tuberculose é uma doença infecciosa causada por uma bactéria, que acomete geralmente os pulmões, mas pode ocorrer em qualquer outro órgão ou ainda se desenvolver ao mesmo tempo em vários órgãos. Ainda é considerada uma doença negligenciada mesmo apresentando tratamento totalmente gratuito e de fácil acesso a população em geral. Nesses moldes, tem-se a necessidade de montar estratégias que facilitem a educação em saúde sobre a doença, com o objetivo de propagar informação e melhorar os indicadores epidemiológicos. Desenvolver e aplicar estratégia para esclarecer a temática sobre tuberculose voltada a crianças e adolescentes de escolas públicas da cidade do Recife-PE. Trata-se de um estudo descritivo, do tipo relado de experiência, ocorrido no período de março a novembro de 2016, durante atividades da extensão universitária Saber Tuberculose, que são realizadas em escolas públicas da cidade do Recife-PE. Antes de cada ação educativa sobre tuberculose ocorre um planejamento do grupo sobre o material didático que irá ser utilizado dependendo do espaço físico e do público alvo. A “caixa do saber” foi pensada para melhorar a dinâmica das ações que tinham crianças e adolescentes como alvos. A partir daí montou-se um jogo de perguntas e respostas, o qual abordava conhecimentos científicos e empíricos sobre a doença. O jogo funcionava de forma pela qual a sala era dividida entre meninos e meninas e a cada rodada um representante do grupo respondia questões do tipo: “Cite três sintomas da tuberculose”, “Quanto tempo dura o tratamento?”,” Como é feito o diagnóstico da doença?”, “Quais os grupos mais vulneráveis?”, ”Como a tuberculose é transmitida?”, ”Depois de quanto tempo de tratamento a doença não é mais transmitida?”, ”A tuberculose só atinge o pulmão?”, o direito a resposta era concedido a cada representante de forma alternada, e após a opinião dos alunos, havia uma intervenção dos acadêmicos com maiores esclarecimentos. A equipe vencedora era premiada com brindes, o que estimulava o desempenho do grupo no geral. As ações de educação em saúde, como a descrita neste trabalho, mostram-se relevantes por proporcionar ao acadêmico uma oportunidade de disseminar conhecimento e interferir diretamente nos indicadores epidemiológicos de uma doença. Foi observada uma grande satisfação e compreensão por parte dos alunos participantes do projeto na utilização da “caixa do saber”, o que auxilia e contribui para melhoria dos indicadores epidemiológicos e a redução do estigma da doença.

CAIXA DO SABER COMO ESTRATÉGIA NA EDUCAÇÃO EM SAÚDE SOBRE TUBERCULOSE

Feitosa MTS1, Correia C.A2, Silva CO3, Silva J.T.B4, Farias MP5, Cardoso M.D6
A tuberculose é uma doença infecciosa causada por uma bactéria, que acomete geralmente os pulmões, mas pode ocorrer em qualquer outro órgão ou ainda se desenvolver ao mesmo tempo em vários órgãos. Ainda é considerada uma doença negligenciada mesmo apresentando tratamento totalmente gratuito e de fácil acesso a população em geral. Nesses moldes, tem-se a necessidade de montar estratégias que facilitem a educação em saúde sobre a doença, com o objetivo de propagar informação e melhorar os indicadores epidemiológicos. Desenvolver e aplicar estratégia para esclarecer a temática sobre tuberculose voltada a crianças e adolescentes de escolas públicas da cidade do Recife-PE. Trata-se de um estudo descritivo, do tipo relado de experiência, ocorrido no período de março a novembro de 2016, durante atividades da extensão universitária Saber Tuberculose, que são realizadas em escolas públicas da cidade do Recife-PE. Antes de cada ação educativa sobre tuberculose ocorre um planejamento do grupo sobre o material didático que irá ser utilizado dependendo do espaço físico e do público alvo. A “caixa do saber” foi pensada para melhorar a dinâmica das ações que tinham crianças e adolescentes como alvos. A partir daí montou-se um jogo de perguntas e respostas, o qual abordava conhecimentos científicos e empíricos sobre a doença. O jogo funcionava de forma pela qual a sala era dividida entre meninos e meninas e a cada rodada um representante do grupo respondia questões do tipo: “Cite três sintomas da tuberculose”, “Quanto tempo dura o tratamento?”,” Como é feito o diagnóstico da doença?”, “Quais os grupos mais vulneráveis?”, ”Como a tuberculose é transmitida?”, ”Depois de quanto tempo de tratamento a doença não é mais transmitida?”, ”A tuberculose só atinge o pulmão?”, o direito a resposta era concedido a cada representante de forma alternada, e após a opinião dos alunos, havia uma intervenção dos acadêmicos com maiores esclarecimentos. A equipe vencedora era premiada com brindes, o que estimulava o desempenho do grupo no geral. As ações de educação em saúde, como a descrita neste trabalho, mostram-se relevantes por proporcionar ao acadêmico uma oportunidade de disseminar conhecimento e interferir diretamente nos indicadores epidemiológicos de uma doença. Foi observada uma grande satisfação e compreensão por parte dos alunos participantes do projeto na utilização da “caixa do saber”, o que auxilia e contribui para melhoria dos indicadores epidemiológicos e a redução do estigma da doença.
  1. Articles of 2019

    AJMCJ (2019), Vol. 1, Issue 01

    AJMCJ (2019), Vol. 1, Issue 02

    AJMCJ (2019), Vol. 1, Issue 03

    AJMCJ (2019), Vol. 1, Issue 04

    AJMCJ (2019), Vol. 1, Issue 05

    AJMCJ (2019), Vol. 1, Issue 06

    AJMCJ (2019), Vol. 1, Issue 07

    AJMCJ (2019), Vol. 1, Issue 08

    AJMCJ (2019), Vol. 1, Issue 09

    AJMCJ (2019), Vol. 1, Issue 10

    AJMCJ (2019), Vol. 1, Issue 11

    AJMCJ (2019), Vol. 1, Issue 12